28 dezembro 2015

Sucesso?


"O que estou dizendo é o seguinte: marcar pontos não é o que importa. A vida não tem de ser considerada um jogo no qual se contam os pontos e alguém ganha. Se você estiver preocupado demais em ganhar, não se divertirá jogando. Se estiver obcecado demais com o sucesso, irá se esquecer de viver. Se você só aprendeu como ser um sucesso, provavelmente desperdiçou sua vida. Se uma universidade se concentra em produzir pessoas bem-sucedidas, está lamentavelmente falhando na sua obrigação para com a sociedade e para com os próprios estudantes."

Amor e vida, Thomas Merton (Editora Martins Fontes), 1ª Ed. 2004, pág. 13 

Um comentário:

Vladimir Rodrigues disse...

As universidades concentram-se em formar funcionários, não empreendedores.
Concentram-se em produzi pessoas bem-sucedidas, mas se esquecem de produzir, antes de tudo, pessoas felizes e comprometidas com o desejo de Yahweh.