19 maio 2008

Confronto entre o mundo e Cristo?

“ Persiste uma profunda sabedoria na abordagem cristã tradicional do mundo como objeto de escolha. Mas temos de admitir que as compulsões habituais e mecânicas de certo tipo limitado de pensamento cristão falsificaram a verdadeira perspectiva de valores em que o mundo pode ser descoberto e escolhido tal como é. Tratar o mundo apenas como uma aglomeração de bens e objetos materiais externos a nós, e rejeitar esses bens e objetos no intuito de buscar outros que sejam ‘interiores’ e ‘espirituais’ é, na verdade, deixar escapar todo o sentido do desafio que é o confronto entre o mundo e Cristo. Escolhemos mesmo entre o mundo e Cristo, como entre duas realidades conflitantes, absolutamente opostas? Ou optamos por Cristo escolhendo o mundo tal como é nele, isto é, criado e redimido por Ele e encontrado no alicerce da nossa liberdade pessoal e o do nosso amor?”

Contemplation in a World of Action, de Thomas Merton
(Doubleday & Co., Garden City, NY), 1973. p. 170-171
No Brasil: Contemplação num mundo de ação, (Editora Vozes, Petrópolis), 1975. p. 154
Reflexão da semana de 19-05-2008

Um pensamento para reflexão: “O mundo não pode ser um problema para alguém que vê como, afinal, Cristo, o mundo, sua irmã, seu irmão e seu próprio e mais íntimo alicerce tornam-se uma unidade na graça e no amor redentor. Se toda a conversa atual sobre o mundo ajudar as pessoas a descobrirem esta realidade, muito bem. Mas se não gerar mais do que um novo divisor de água de posições obrigatórias e ‘respostas contemporâneas’, seria melhor esquece-las.”
Contemplação num mundo de ação, Thomas Merton

2 comentários:

Pe. Marcelo Monge disse...

Cada vez que visito este blog, me quedo maravilhado. Que grande e abençoado homem foi Thomas Merton! Obrigado por continuarem com este primoroso trabalho, e a Paz seja com vocês!

Anônimo disse...

Agradeço a Deus pelo fato de ter conhecido os escritos de TM em um periodo de muitas descobertas pessoais e seus dizeres a respeito da vontade de Deus em união com minha identidade me fizeram entender muito além o q é a santidade e em q consiste a vida cristã.
Juliana.Missionaria Da comunidade Aliança de Misericordia-SP