14 outubro 2013

Uma estranha e profunda verdade

“Obscuridade e sinceridade costumam caminhar juntas na vida espiritual. O 'contemplativo disfarçado' é justamente aquele cuja contemplação não é mais oculta a ninguém do que a si próprio. Isso pode parecer uma contradição em termos. No entanto, o fato de que a graça da contemplação é mais segura e mais eficaz quando já não é buscada, querida ou desejada é uma estranha e profunda verdade.”

The Inner Experience, de Thomas Merton
Editado por William H. Shannon
(HarperSanFrancisco, San Francisco) 2003
No Brasil: A experiência interior, (Martins Fontes Editora, São Paulo), 2007. p. 92

Um comentário:

ANGELITA SOARES disse...

LEMBRETES DO MISTÉRIO
Assim, se queres ser livre, nada te escravize, nada te faça menor do que realmente és, diante do Mistério;
Não penses mais com concepções humanamente estreitas e restritas; aprende a olhar com largueza, para tudo o que acontece à tua volta;só assim, poderás retornar aos Territórios da Transfiguração;
Não te surpreendam mais desilusões,nem decepções, ou mesmo ambas, pois fazem parte da posse da autêntica Liberdade;desse modo, logo, estarás nos Territórios da Esperança;
Quem não desejaria descobrir, dentro de si mesmo, os Lugares mais inusitados e majestosos para viajar??
Nada te pegue desprevenido, mas que todas as situações te encontrem liberto de conceitos rígidos e estáticos, que o mundo te encontre aberto para novas aprendizagens e viagens, dentro de ti mesmo;quando perceberes, verás as Paisagens dos Territórios da Tolerãncia;
Nada te abale ou te perturbe, já que sabes, agora, mais do que nunca, que, dentro de ti, há paisagens belíssimas e revigorantes, onde podes repousar e refazer-te dos revezes;então, poderás contemplar os Horizontes afogueados dos Territórios da Adoração;
Nada te irrite demais ou te desequilibre, pois sabes que os movimentos do Mistério são aleatórios, justamente, para desfocar teu Olhar interior e fazer-te ver, com mais clareza;
Sentindo-te solitário demais ou desolado; entra, em teus Desertos, e caminha, pacientemente, entre eles, pois, em alguma parte do caminho, encontrarás o refrigério de floridos Oásis, onde poderás acalmar teu coração de peregrino interior e, logo, verás a Beleza dos Territórios da Misericórdia;
Suporta, com destemor, os teus Getsemanis, pois sabes que, depois deles, vem, sempre, a Glória da Ressurreição;
Não te firam demais as ingratidões e incompreensões, pois pode ser o Ego quem se encontra ferido, além do mais, nos Territórios da Alma, também, há espinhos e pedras, por isso, tranquiliza-te e persevera, para poderes entrar nos Territórios da Perseverança;
Nada te impaciente ou te inquiete, pois já sabes que o Mistério tem seu próprio Tempo e Ritmo de caminhada; se queres andar, com Ele, Ele te guiará, sem ferir tuas limitações e tua vontade, basta apenas, que queiras ser conduzido;com segurança, Ele te conduzirá, aos vastos Territórios da Liberdade;
Sobretudo, não esqueces de aprofundar-te em tua Humanidade;de dar teus Mergulhos interiores, de fazer tua Revoada; de iniciar tua Aventura, pelos mares da Alma, corajosa e intrépidamente, pois não há nada, no humano, que não possa tornar-se divino, pela própria vontade;é nesse ponto, que começa a tua jornada rumo ao Território Final da Cristificação;
Dessa maneira, anda sereno, caminha seguro, sem pressa, sem demora, apenas, levando, em tua Alma, a certeza de que a tua Cristificação, passa, necessariamente, por todas essas etapas humanas, e que só depende de ti, deixar-te ser plenamente cristificado...