14 abril 2014

Somos o que rezamos

“Como o homem é, assim ele reza. É pelo modo de falarmos a Deus que nós nos fazemos aquilo que somos. O homem que não ora jamais, é alguém que tentou fugir de si mesmo, porque fugiu de Deus. Mas, embora seja ele tão irreal, é mais real do que o homem que ora a Deus com um coração falso e mentiroso.”

Homem Algum é uma Ilha, Thomas Merton (Verus Editora, Campinas), 2003. p. 50.

2 comentários:

Maria Rita disse...

As pessoas que oram realmente são aquelas humildes de coração.Tem aquelas pessoas que oram p.se mostrar.E aquelas que oram qdo.se veem em perigo.

Fernando Paiser disse...

"a conversão do intelecto não basta" (A montanha dos sete patamares - Vozes - 2ªEd. - p. 209).
É preciso orar, e muito..